37º Festa de San Gennaro – 2010

Pra fechar o ciclo 2010 de festas italianas, começa em Setembro a 37º Festa de San Gennaro, na Moóca, em São Paulo.

Shows com a banda Felice Itália!

Este ano a festa começa em 4 de setembro e se estende por todos os finais de semana até o dia 10 de outubro!

Então anote aí!

Programação

Sábados, começa às 18 h e vai até 00 h

Domingos, começa ás 18 h e cai até ás 23:30 h

Os dias da festa serão:

Setembro – 04, 05, 11, 12, 18, 19, 25 e 26

Outubro – 02, 03, 09 e 10

Pra chegar lá:


Clique para visualizar o Mapa!

Maiores Informações e Reservas – 11 3209.0089 ou 11 3207.1049


Marido na Achiropita – Mini Pizza

 

Continuando a série…

Hoje vou falar um pouco sobre a minha história na festa e fazer para vocês mais uma delícia!

Nestes 10 anos de festa, trabalhei em diversas barracas me proporcionando uma experiencia muito legal, pois vi diversos lados da festa.

2000/74ª – Tudo começou no Macarrão I, situada bem no coração da festa, ao lado da barraca da Fogazza, é sempre muito cheia, eu molecão, 1ª vez, fiquei de ‘burro de carga’, indo buscar as coisas que precisavam na barraca e no meio tempo cuidava do vinho.
2001/75ªLatinha I – No segundo ano, a coisa mudou completamente, cai na Latinha, que é muuuito mais tranquilo e o único problema é ficar mexendo no gelo em pleno inverno de agosto.
2002/76ªMarcarrão II – Volto pro macarrão e conheço o casal com quem mais trabalhei na festa, Edmilson e Carla. Um dos anos mais animados que trabalhei, de frente para a igreja o que faz a barraca ser uma pauleira só.
2003/77ªLatinha I – Novamente na Latinha, dessa vez com trouxe minha irmã para trabalhar comigo, mas ela é chamada no primeiro dia para ir para Fogazza.
2004/78ªFricazza – Essa é punk. Na época, a equipe da barraca era a reponsável por fazer as massas da Fricazza. Tinha que ir na 5ª feira descascar batata, na 6ª fazer a massa e pré-assar algumas e no sábado chegar as 10 da manhã para terminar de pré-assar as de domingo também. E ainda é uma das barracas mais cheias, acho que por ser uma especialidade.
2005/79ªMortadela – Trabalhei logo no primiero ano que teve a mortadela na festa. Era tranquilo, por isso era mais fácil quando a recém conquistada namorada vinha me visitar, nas raras ocasiões que conseguia sair do Setor D da Cantina.
2006/80ªMarcarrão IV – Primeiro ano trabalhando junto com a Rafa, o Edmilson pega a coordenação do Penne e resolve me chamar. Levo a Rafa junto, mas dessa vez não sou só o carregador, ajudamos bastante os coordenadores.
2007/81ªMarcarrão IV – Primeira vez que continuo na mesma barraca no ano seguinte, novamente junto como Edmilson, assumimos sub-coordenação e mandamos ver!
2008/82ªSouvenir Interno – Meu debut na Cantina e é outra festa. Sem a muvuca que fica na rua, muito mais tranquilo, porém, ao meu ver não tem a mesma energia do que trabalhar lá fora.
2009/83ªMarcarrão I / Bar I – Depois desses anos todos, trabalhando numa boa em todas a barracas, tivemos problemas com um infeliz e como os nossos coordenadores não fizeram nada, pedimos para trocar. E caimos na excelente equipe do Bar I. Saudades.

Nesta ano de 2010, 84ª festa, estamos novamente no Macarrão IV, Penne, mas dessa vez com uma nova equipe. Espero que seja tão bom quanto os outros anos…

Bem, não estou aqui só para falar do meu passado! Vim falar de mais uma atração da festa: Mini-Pizza!

Essa instituição italiana não poderia faltar na maior festa italiana do Brasil, mas aqui ela é feita com bastante simplicidade para agradar a todos. Somente de mussarela, é feita na chapa com aqueles discos semi-prontos. Para fazer aqui em casa usei:

  • Massa para mini-pizza
  • Molho de tomate pronto
  • Mussarela
  • Orégano

Tudo é usado à gosto, coloquei os discos na panela elétrica, pode ser numa frigideira ou numa assadeira para ir no forno, mas é mais rápido no fogão.
Espalhe o molho, coloque a mussarela e o orégano. Agora é só esperar o queijo derreter e aqui tem um segredinho, para acelerar o derretimento, jogue um pouquinho de aguá na panela/frigideira e tampe, o vapor ajuda bastante.

 


Quando estiver derretido está pronto! Fiz uma com Catupiry junto com a mussarela, ficou óóótemo!


Até mais!!


Marido na Achiropita – Calabresa

No longínquo ano 2000, quando ainda estava para me formar no colegial, fui levado por um amigo ao Encontro de Jovens da igreja de Nossa Senhora Achiropita, após o encontro me falaram ‘se cadastre para trabalhar na festa!’. Festa? Que festa? ‘A festa italiana que acontece todo ano!’ e motivado muito mais pela curtição do que qualquer outra coisa resolvi me inscrever.

Na verdade já tinha ouvido falar na festa, assim como muitos já tinha visto a propraganda na TV durante o mês de agosto. E principalmente por causa do meu tamanho avantajado, me colocaram para trabalhar na barraca do macarrão. Foi uma surpresa para mim, gostei muito de trabalhar na festa, saia todos dias acabado, todo dolorido, mas saia feliz! Era um descanso carregando pedra que me deixava me sentindo muito melhor! Nos anos seguintes, não pensei duas vezes quando me chamaram para trabalhar, por mim podia ter a festa o ano todo!

Por causa da festa mantive um pequeno contato com o grupo de jovens, não frequentava as reuniões, mas conhecia o pessoal e por causa disso acabei conhecendo a Rafa, a mulher da minha vida!

Vou fazer uma série no ‘Marido na Cozinha’ sobre a festa da Achiropita e em cada um dos post vou imitar alguma delícia vendida na festa. Para começar, uma iguaria da mesma região de onde veio a fé em N. Sra. Achiropita, a calabresa!

Na festa ela é vendida em duas barracas, cada uma para a preferência do freguês, uma é na chapa e a outra no brasa servida geralmente no pão com vinagrete, mas tem gente que pede como porçãozinha.

Para mostrar a vocês, fiz na chapa por ser mais simples e por que prefiro mesmo. 🙂

Não tem muito o que explicar na calabresa, para 4 sanduíches:

  • 4 pães franceses
  • 6 gomos de linguiça
  • 2 tomates
  • 1 cebola grande
  • 1 maço de cheiro verde

Pique o tomate, a cebola e o cheiro verde, misture e tempere a gosto, eu utilizei um tempero que a esposa fez para a salada no almoço, uma mistureba muito boa! Qualquer dia ela posta aqui…


Frite bem a linguiça e depois de pronta, divida pela metade no comprimento e coloque 3 metades em cada pão, assim como é servida na festa.


Depois é só mandar pra dentro.


Só para dar água na boca, ainda vai rolar por aqui: fogazza, fricazza, pedaços de amor, churrasco, Sfogliateli e muito mais!


92ª Festa de São Vito

92ª FESTA SÃO VITO
COMPROVADAMENTE A MAIS TRADICIONAL
FESTA ITALIANA POPULAR DE SÃO PAULO
“A ÚNICA REALIZADA EM RECINTO TOTALMENTE COBERTO”
A ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE SÃO VITO MÁRTIR comunica que a
“FESTA SÃO VITO” , deste ano de 2010, obedecerá as seguintes datas:
Datas da Festa
Sábados a partir das 20:00 horas
Domingos a partir das 19:00 horas
MÊS MAIO MÊS JUNHO MÊS JULHO
15/05/2010 – Sábado 05/06/2010 – Sábado 03/07/2010 – Sábado
22/05/2010 – Sábado 06/06/2010 – Domingo 04/07/2010 – Domingo
23/05/2010 – Domingo 12/06/2010 – Sábado
29/05/2010 – Sábado 13/06/2010 – Domingo
30/05/2010 – Domingo 19/06/2010 – Sábado
20/06/2010 – Domingo
26/06/2010 – Sábado
27/06/2010 – Domingo
ESPECIFICAÇÕEs
Obs. No dia 15/05/2010 será a abertura da festa e não funcionará
a Praça de Alimentação

ESPECIFICAÇÕES

PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO: Rua Polignano A Mare nº 255 – Com mesas de apoio (espaço para mais de 3000 pessoas por noite). Entrada R$ 3,00 com direito a vale troca.

ENTRADA DA CANTINA: Rua Fernandes Silva nº 96 – com 540 cadeiras em mesas de 20 (vinte) e 10 (dez) lugares numerados, com total visibilidade para o palco. É a única Festa Italiana no mundo em local coberto. Custo do convite Individual – Sábado R$ 40,00 com direito: 1 antepasto, 1 prato de macarrão spaghetti ou richitelle, 1 ficazzella, cadeira e mesa numerada. No domingo R$ 23,00 com direito a 1 antepasto e 1 prato de spaghetti, cadeira e mesa numerada.

“MÚSICA AO VIVO E  PISTA DE DANÇA”
PERÍODO DE 15 DE MAIO ATÉ 13 DE JUNHO – BANDA “ ITÁLIA BRASIL”
PERÍODO DE 19 DE JUNHO ATÉ 04 DE JULHO – BANDA ECE SOM ITÁLIA

PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO:
Antepasto Nostrano
Guimirelle (Especialidade Polignanesa)
Macarrão Richitelle com semolina, importado de Bari-Itália
Spaghetti Alla Puttanesca ou ao Sugo
Ficazzella – Ficazza – Churrasco de Carne e Lingüiça
Quentão – Vinho Quente – Doces em geral –
Doces típicos: Pezza Dolce – Amaretto – Castagnelle – Dormosa e
Piccicatelle Doce e Salgada

BAR:
Com Vinhos Importados e Nacionais, Cervejas, Refrigerantes e Água“PARTICIPE – VOCÊ CONHECERÁ O CENTRO SOCIAL E A CRECHE
QUE AJUDOU A CONSTRUIR E QUE ESTÁ AJUDANDO A MANTER”RESERVAS ANTECIPADAS:
FONE/FAX: (11) 3227-8234 / 3229-5678 / 3326.2957

A Associação Beneficente São Vito Mártir, fundada em 1919, estará realizando durante todos os finais de semana no período de 17 de maio a 04 de julho, sempre a partir das 20:00 horas, a mais tradicional Festa Popular Italiana de São Paulo, em homenagem a San Vito Mártir ou São Vito, padroeiro da cidade de Polignano a Mare. Festejada há 92 anos, a Festa São Vito® se caracteriza pela originalidade e manutenção das tradições italianas, transmitidas há décadas às gerações de filhos e seus descendentes, sendo necessário realçar a grande colaboração de diversos voluntários, que participam graciosamente na mão-de-obra, sem o que não seria possível manter a qualidade das comidas típicas.
Teremos música ao vivo, cantores típicos, apresentando as mais belas composições da música italiana, fazendo com que a Festa, assim como os italianos, seja a mais animada de São Paulo.

GASTRONOMIA: TRADIÇÃO E QUALIDADE
O acesso para a Cantina é pela Rua Fernades Silva, 96 e a entrada para a Praça de Alimentação pela Rua Polignano a Mare, 255, onde o público poderá degustar os mesmos pratos servidos na Cantina, em sistema “self-service”. (Local totalmente coberto e total visibilidade para o palco).
A receita da Festa é totalmente destinada à manutenção da “Creche São Vito”, que abriga 120 crianças de 0 a 3 anos, em regime diário das 7h30 às 17h30, recebendo serviços de higiene, enfermaria, leite, café, almoço, lanche, jantar, apoio psico-pedagógico e muito, muito carinho e dedicação.
A região é privilegiada por linhas de ônibus e metrô. Para estacionar, o público pode optar pelas ruas liberadas próximo ao local da Festa, ou entre vários estacionamentos no local.
Fones: 55 (11) 3227-8234 / 3229-5678 / 3326-2957
Rua Fernandes Silva, 96 – Brás – CEP 03005-010 – São Paulo -SP – Brasil
contato@associacaosaovito.com.br
Copyright© 2006 – Associação Beneficente São Vito Mártir