Esposa fez pra mim!! – Milk-Shake de Morango

De vez em quando, bate aquela vontade de sentir o sabor de alguma coisa específica, nessas horas recorro a minha eterna salvadora!!!

Hoje vou falar uma delícia que tive vontade na madruga de um sábado para domingo. Estávamos voltando da Noite da Pizza lá da Achiropita e mesmo cansadão, falei que tava afim de tomar um milk-shake de morango (em pleno inverno, duh)!

Passamos no mercado para comprar as coisas e quando já estamos saindo com o carro lembrei que esqueci de comprar a calda de morango!! A esposa olhou para mim, com um discreto sorrisinho no rosto, como quem diz ‘Aguarde e confie…’ e soltou um: “Ah, paciência, faz sem mesmo…”

Chegando em casa, após lavar uma caixa de morangos, ela pegou metade e picou em pedaços bem pequenos, e para minha surpresa, jogou quatro colheres de sopa de açúcar em cima e botou no fogo alto. Sempre mexendo bem, até ficar no ponto de uma calda, tipo uma geléia bem mole.

Peguei os copos e ela cuidadosamente foi jogando a cheirosa calda nas laterais dos copos.

Feito isso, colocou 4 bolas bem grandes de sorvete de morango no liquidificador, a outra metade da caixa de morango e acrescentou 100ml de leite. Bateu só para ficar homogêneo e serviu! Ainda tentou fazer uma decoração, colocando um pouco da calda em cima da espuma, mas o milk acabou ficando pouco espesso e a calda afundou!!!

     Milk Shake de morango

Mas com decoração ou não, o milk-shake ficou uma delícia!! A parte do sorvete com leite não tem muito como errar, mas o detalhe da calda fez toda diferença!! Ficou excelente!!!Milk Shake de morango


Dublin – A cidade dos Pubs

Vir a Dublin e nao desgustar da mais famosa cerveja do mundo, Uma pint de Guiness, é considerado quase um pecado mortal por aqui. Eu que não tenho gosto e nem apego por cerveja, em todas as ocasiões que fui a um pub com amigos tive que me virar entre uma coca cola ou um suco. Até que encontrei a melhor bebida alcoólica para pessoas como eu. Já ouviu falar da Kopparberg? É uma cidra e portanto de baixo teor alcoólico. O que tem de especial são os sabores: Pera, Maçã Uva e ela é tão docinha, tão docinha que todo cuidado é pouco, na terceira garrafinha você estará tão ou mais alcolizado que alguém que tomou apenas uma pint.

Há uma outra cidra chamada Bulmers que é uma bebida legitimamente Irish, também faz muito sucesso por aqui entre a turma do contra á cerveja.

Agora além da famosa Pint entre os alcoólatras anônimos de Dublin não pode faltar o velho e bom whisky irlandes para aquecer nesse inverno de temperaturas negativas.

Enfim, Dublin sobrevive do mito dos pubs e isso é a mais pura verdade. Os Irlandeses levam a sério o happy hour, as sextas-feiras e todas as comemorações que terminam em noitadas em pub muito a sério. Entre os brasileiros os pubs favoritos são: Diceys, Temple Bar e Fitzsimons. A Diceys é conhecida por concentrar a maior taxa de estrangeiros por metro quadrado e isso por que a pint custa apenas 2 euros enquanto em outros lugares não sairia por menos de 5 euros. O Temple Bar é o pub mais importante de Dublin, muitos artistas e estrangeiros passaram e passam por lá diariamente, sendo um bar que recebe muitos turistas é claro, a bebida é cara. Já o Fitzsimons é interessante por trazer sempre bandas que tocam covers de musicas famosas, deixando o clima do pub sempre animado.

Ontem eu fui parar em um pub chamado O’ Reillys que apesar de salgado o preço das bebidas também serve porção de camarão e franguinho frito, que é uma delícia! Isso sem falar que é muito animado, ou pelo menos é em dia de jogo. Eles tem um telão bacana e aqui na Irlanda apesar do futebol não ser o que é para nós brasileiros, eles acabam torcendo para times ingleses, e ai é a mesma coisa que para nós: Cerveja, Futebol e Pub (buteco).

E como pub e musica são duas coisas que não se separam, a minha dica dessa semana é a banda irlandesa The Divine Comedy e a música para esse post é At the Indie Disco.


Festa de N. Sra. Achiropita – Valores 2010

Bom, acho que todo mundo já sabe bastante sobre a Festa de N. Sra. Achiropita, já foi citada aqui no blog várias vezes por mim e pelo marido!

Muita gente tem buscado saber os valores da festa, por isso segue!


Vamos começar pelo macarrão, temos 2 tipos: Penne (que é melhor, pra quem vai comer de pé!) e Spaghetti. Cada prato serve bem uma pessoa, ou até duas! Principalmente se for experimentar outros pratos da festa!

Vem caprichado no molho ao sugo, no queijo e acompanha uma fatia de pão italiano!

R$ 7,00 pra comer na hora! Ou então +R$1,00 a embalagem pra viagem!


Fogazza, a maior fila da festa 🙂 – Recheio de Mussarela, orégano e tomate! R$ 5,00 cada!



Fricazza, massa feita à base de batatas, pode ser recheada de calabresa ou mussarela! R$ 15,00 inteira ou R$ 4,00 o pedaço!


Mini Pizza de mussarela R$ 3,00


Polenta, um pedaço bem generoso e maravilhoso, mesmo quem não gosta de polenta, devia experimentar! Vem caprichada no molho à bolonhesa e no queijo! R$ 6,00


Espetinho de Carne – R$ 3,00


Churrasco no pão, com ou sem vinagrete (vale muito a pena!) R$ 4,00


Calabresa, em duas versões: Na Brasa ou na Chapa, também acompanha vinagrete! R$ 4,00


Típica: Antepasto, berinjelas, cebolas, pimentões, sardela, etc! Delícia! R$ 7,00


Típica: Pimentão Recheado R$ 7,00


Típica: Berinjela Recheada R$ 6,00


Pedaços de Amor – Deliciosos Espetinhos de Frutas cobertos com chocolate, tem de morango, uva, banana ou acabaxi! R$ 3,00


Doces deliciosos, de vários tipos! Sai por R$ 4,00 cada um deles!


Souvenir – Quem visita a festa não pode deixar de levar uma lembrancinha pra casa, tem terços, camisetas, chaveiros, brincos, imagens, medalinhas, etc! Preços Variados!


E além de tudo isso, também tem as barracas de bebidas, com vinho, cerveja, refrigerante e água, os preços variam de R$ 1,00 a R$ 3,00!

E aí, já fez as contas? Vem correndo, porque só faltam 3 finais de semanas pra acabar a festa!

As formas de pagamento são: Dinheiro, Cartão de débito ou crédito (Master e Visa).