Torta de Abacaxi com Coco

Ano passado foi um ano bem complicado para a minha família, já contei por aqui sobre a maior perda das nossas vidas, meu querido Pai. E ele se foi numa época complicada, perto do meu aniversário, fim do ano. Daí a gente meio que fica cabisbaixo e não quer comemorar nada.

Tá que conhecendo meu pai, ele jamais deixaria a tristeza tomar conta dele desse jeito. Mas a gente não escolhe como sente as coisas, fazer o quê.

TORTA ABACAXI COCO

Bom, mas o ano novo pra nós sempre foi uma data importante, mais importante que o Natal, porque no dia 31 é aniversário da minha mãe. Daí a comemoração que já é bacana sempre tem um gostinho a mais.

Mas devido aos acontecimentos, como já disse, ninguém estava afim de comemorar nada. E então sem bolo, sem parabéns.

Daí eu resolvi fazer uma sobremesa que fosse a cara da minha mãe, pra deixar ela feliz, nem que a felicidade começasse pelo estômago.

Ela sempre, sempre fala de um sorvete da Kibon, que só tem como encontrar no verão, de Coco com Abacaxi, realmente é delicioso. Daí eu e o marido planejando o doce por aqui, resolvemos fazer uma torta baseada no tal sorvete.

E junta isso e aquilo, surgiu a torta, que ficou deliciosa e enche os olhos, como disse a comadre Roberta, quando experimentou.

Primeiro eu usei como base a idéia da torta de chocolate, que eu mostrei pra vocês um dia desses.

Misturei 1 caixa de mistura para bolo de limão (achei que o limão ia combinar com o resto e combinou, mas pode usar a mistura de bolo de abacaxi, de coco, ou até mesmo aquela sem sabor), 1 ovo e 2 colheres de margarina. Amassei bem até dar aquela consistência de farofa úmida. Forrei o fundo e as laterais de uma forma com fundo removível (24cm). Levei ao forno alto por mais ou menos 15 minutos, até dourar e deixei esfriando.

Para o recheio eu fiz um beijinho, levando ao fogo 1 lata de leite condensado, 1 colher de margarina e 50 grms de coco ralado. Mexi no fogo baixo, por mais ou menos uns 10 minutos, até que o fundo da panela começou a aparecer. Daí com o beijinho quente mesmo (fora do fogo) eu acrescentei 1 caixinha de creme de leite e mexi bem rapidinho pra não talhar. Feito isso eu abri 1 lata de abacaxi em calda, escorri a calda, piquei o abacaxi e misturei também no beijinho.

Quando a massa estiver fria ou pelo menos morna, coloque o recheio e leve à geladeira até esfriar completamente.

Para decorar eu usei chantily e mais 50 grms de coco ralado.

Se você não quiser usar o abacaxi em calda, pode descascar o abacaxi, tirar o miolo, fatiar e cozinhar ele com água e açúcar, até tirar a acidez, mas se eu fosse você, procurava bem e optava pela praticidade, o preço no fim das contas é quase o mesmo.

Se fizer, vem e me conta! Super beijo!


Torta de Chocolate

E lá no Natal… (nem vi o Natal passar, vocês viram pronde ele foi?)

Uns dias antes do Natal, chegou o tão esperado Licor que eu ganhei da Aurich…  E sério, é incrível! Quase que não sobrou pra sobremesa que eu estava planejando desde que eles me contaram do presente!

Mas com muito esforço eu consegui =)

Daí, já fazia um tempo que eu tinha visto uma receita no site do Mais Você. Dei uma super adaptada, porque a receita parecia ser mais doce do que tudo. E saiu essa delícia!

Super fácil!Torta de Chocolate

Torta de Chocolate com Licor

Misture bem uma mistura de bolo de chocolate pronto (de qualquer marca), 1 ovo inteiro e 3 colheres de margarina. Misture bem até dar aquele ponto de farofa úmida. Forre com essa massa o fundo e as laterais de uma forma de fundo removível (24cm). Reserve.

Derreta 1 barra de chocolate meio amargo (eu derreto no microondas, colocando de 30 em 30 segundos, até dar o ponto). Misture 1 caixinha de creme de leite, 1 lata de leite condensado, 100 ml de licor de chocolate (eu usei esse delícia de chocolate com morango da Aurich) e 1 ovo. Misture bem e despeje sobre a massa. Leve ao forno em baixa temperatura por 1 hora.

Aí vem a beleza! Pode comer quente ou gelado! Eu já comi das duas formas e ainda não me decidi qual fica melhor!

Se você for comer gelado, depois pra decorar, pode salpicar chocolate picado por cima, colocar uma cereja, morangos, o que você preferir.

O licor é opcional, porém eu achei que combinou maravilhosamente.

Façam e depois venham me contar! Beijo gente! Comentem!!!

PS: Antes que me perguntem, o recheio assa junto com a massa! Não precisa assar a massa antes!

PS2: Essa base de massa serve pra muita coisa, em breve vou mostrar mais receitas!


Charlotte de Pêssegos em Calda

Natal que se preze, tem que ter uma sobremesa bacana, né?!

E naquele dia que eu fiz o Peru, eu tinha que fazer o doce valer a pena também né! Pois bem, pesquisa, pesquisa, pesquisa… Achei essa receita de Charlotte!

Fui com a lista de compras ao super e pasmem! Não tinha biscoito champagne! Massss tinha meia caixa aqui em casa, resolvi arriscar!

Cheguei em casa e fui linda pra cozinha preparar a Charlotte (ou seria O charlotte? Como o nome é feminimo, com o com A).

Mas a loka aqui esqueceu um dos itens principais… a ricota! Ahhh como eu pudeeee?? Raiva de mim… Daí saí em busca de um receita de ricota, pra ver se rolava fazer em casa, achei! Mas adivinhem qual o ingrediente principal pra fazer queijo?

Pois é… esse dia foi realmente PUNK! Aqui em casa nós só usamos leite em pó, porque serve bem em todas as receitas e não estraga tão rápido, já que não temos o costume de beber leite diariamente…

A essa altura, vocês já devem estar pensando que não vai ter receita nenhuma… Mas tem… no fim tudo deu certo!

Então primeiro eu vou contar como fiz a ricota.

Ricota Caseira

Ferva 3 litros de leite, retire do fogo e acrescente o suco de 3 limões. Volte ao fogo e mexa por 1 minuto. Deixe descansar por 1 minuto fora do fogo e escorra. Eu escorri o meu em uma peneira bem fininha.

Daí vem a dúvida, pra mim, fazendo com o leite em pó, essa quantidade rendeu pouco mais de 300 gramas, então não sei se vale tanto a pena fazer ricota em casa, porém eu acho que com o leite lá da caixinha, deve render mais, vejam a receita original aqui! De qualquer forma, se você tiver uma emergência, como era o meu caso, daí vale a pena sim, pois o resultado foi muito bom!Charlotte de Pêssegos em Calda

Charlotte de Pêssegos em Calda

Forre a lateral de uma forma redonda, com fundo removível com biscoito champagne (metades). Reserve.

Bata no liquidificador 300 gramas de ricota (pode ser um pouco mais, aquela quantidade do mercado serve), 1 lata de leite condensado, 1 lata de creme de leite sem soro, 1 colher de sopa de suco de limão, 1/2 colher de sopa de raspas de limão e 1 envelope de gelatina sem sabor (hidratada, conforme manda a embalagem). Acrescente à essa mistura 1 xícara de pêssegos em calda picados. Despeje a mistura na forma e leve à geladeira por 3 horas.

Para decorar eu usei geléia de pêssego e o restante dos pêssegos fatiados. Fica mais gostoso se você escolher uma geléia que não seja tãoooo doce.

Se você preferir, pode trocar por outra fruta, tipo Morango.

E como eu disse, no fim deu tudo certo, mas tão certo que não sobrou nadica… Muito bom! Faça e não esquece de comentar!!!!


Sazón é Amor!

No dia 9/11/2011, aconteceu um evento incrível, para blogs de Culinária realizado pela Sazón! E nunca ficou tão claro pra mim esse efeito do “Amor”, como nesse dia!

Tudo foi pensando com tanto carinho, que fez com que eu me sentisse muito especial!

Começando pelo local! O evento foi realizado na Casa Electrolux, no piso superior, onde fica uma cozinha linda! A casa inteira é maravilhosa, lá você pode ver, testar e até comprar os produtos da Electrolux!

Quando subimos para a cozinha, tivemos um tempinho pra bater um papo, falar sobre os blogs, trocar dicas, muito bacana.

Depois começou a aula, que além das receitas maravilhosas, nos ensinou novas formas de usar o Sazón, tanto o tempero, quanto o caldo em pó! Eu, que já sou fã do produto, fiquei muito entusiasmada e confesso que desde a aula eu já utilizei várias dicas aqui em casa, aos poucos vou passando pra vocês!

As receitas que aprendemos foram:Sazón

BATATINHAS COM PATÊ DE SAZÓN®

Ingredientes

•   300 g de batatas-bolinha cozidas e cortadas em quatro partes
•   2 sachês de Tempero SAZÓN® Amarelo
•   1 colher (sopa) de manteiga sem sal
•   meia xícara (chá) de maionese (100 g)
•   1 colher (chá) de cebolinha-francesa picada

Modo de Preparo

Em um recipiente pequeno, coloque a batata e 1 sachê de Tempero SAZÓN®, e misture delicadamente.

Em uma frigideira, coloque a manteiga e leve em fogo alto para derreter. Junte a batata e salteie, aos

poucos, por 3 minutos, ou até dourar.

Escorra em papel-toalha e espete os pedaços de batata em palitos de dente.

Em uma tigela pequena, coloque a maionese, a cebolinha e o Tempero SAZÓN® restante, e misture até

que fique homogêneo.

Sirva acompanhando as batatas.

Rendimento: 6 porções

Tempo de preparo: 20 minutos

Dicas

1. Sirva o patê acompanhando torradas.

2. Substitua o Tempero SAZÓN® Amarelo pelo de sua preferência.

Continue lendo »


Peru de Natal, molhadinho!

Bom… apesar de eu achar o título um tanto sugestivo, vai ficar assim mesmo, quis ser direta 🙂

Dia desses, pelos supers da vida, eu vi numa promoção mara vários perus!!! Pensa R$4 o kilo!!! Na hora, meu instinto foi de trazer uns 15! (amo peru)

Mãããsss, como sempre, quando a esmola é demais… já sabe! Eles iam vencer todos no dia 13/11/11, daí comprei só um com a promessa de fazer em menos de 15 dias!

Chamei alguns Veeeeps e fiz um almoço prévio de Natal! Todo bonitinho! E o Peru, claro… Era a grande atração do almoço.

Tudo lindo, tudo maravilhoso… não sobrou peru nem pra marmita! (mentira! conseguimos desfiar uns pedacinhos e garantir o almoço do marido)

Daí eu lembrei que 90% das pessoas que eu conheço torcem o nariz pro penoso! Muita gente não come peru por não saber uns truquezinhos que deixam o peru super molhadinho, inclusive o peito! #frasesugestivamodeon

Aqui em casa, o peru é feito assim:

  • Descongele 48 horas antes de assar
  • Tire o saquinho de miúdos (tem gente que não lembra =O )
  • 24 horas antes, dê um re-temperada nele sem colocar sal, só temperos mesmo (alho, cebola, alecrim, vinagre, etc)
  • Quando for assar, na primeira hora o peru deve estar coberto com papel alumínio
  • Retire o papel alumínio depois da primeira hora e deixe o peru assando em forno médio
  • O pulo do gato! Depois que tirou o papel alumínio, pincele manteiga de boa qualidade sobre o peru a cada 15 minutos (durante 1 hora mais ou menos)… Não vou mentir, dá um trabalhão, mas vale muiiiiiito a pena e os elogios serão incríveis! O maior problema é que você vai ser a eleita pra assar o peru todos os anos!

Daí, seguindo essas dicas, seu peru vai ficar com essa cara aqui ó