Culinária Básica Japonesa – Chef Alex Caputo

Ok, devo confessar: não curto culinária japonesa. Acho os pratos um tanto quanto estranhos para o meu paladar (hahaha,tudo é estranho para o meu paladar, impressionante), sou muito chata para comer.

Porém, o que eu vejo de gente que gosta, que admira, que fica louca quando vê um restaurante japonês, não é brincadeira! Digamos que 80% dos meus amigos morre por um japonês.

Hoje, estava eu aqui caçando serviço, no meu trabalho, quando me deparei com esse livro: “Culinária Básica Japonesa”, do Chef Alex Caputo!

Nossa, fiquei impressionada com o livro! E se eu fiquei assim, quem curte os pratos vai ficar mais ainda!

Traz as receitas dos principais pratos, como sushi, shitaki, tempurá, yakissoba, frango xadrez, entre outros. Mas não só receitas, o livro explica direitinho como preparar os ingredientes para o preparo dos mesmos, como eles devem ser escolhidos e como os pratos devem ser servidos. Ensina como preparar os molhos, os equipamentos que devem ser usados, tudo direitinho!

Muito legal também é que o Chef ensina as regras de etiqueta, traz curiosidades, um pequeno glossário, e muito mais!

Uma coisa que reparei é que os pratos não são difíceis de serem feitos, e com o passo-a-passo torna-se ainda mais fácil. Qualquer pessoa pode se aventurar na cozinha (e mesmo não gostando, qualquer dia eu testo alguma coisa e mostro para vocês). E se alguém especial (não precisa ser só namorado(a), pode ser pai, mãe, irmão, amigo(a)…) curte a culinária japonesa, agradar fica ainda melhor. Aliás, pode ser uma ótima dica para impressionar no Dia dos Namorados, que tal?

E o melhor: é e-book gratuito!!! Para obtê-lo, basta clicar AQUI e visualizá-lo! Se quiser baixar, existe um botãozinho embaixo do título (em azul) escrito “Baixar”. Faça login com o seu usuário do facebook e baixe para o seu computador!

Como eu já disse (e repito), não gosto de culinária japonesa, mas deu até vontade de provar alguma coisa! Eu não gosto, mas sei que muita gente curte, fica a dica para os amantes de um japonês esperto (principalmente quando bate a vontade e o dinheiro já disse tchau).

Espero que tenham gostado da dica! Desculpe o sumiço (o trabalho tá me pressionando), mas prometo não fazer mais isso! Não vivo sem essa turma linda! 😀

Beijos!

(PS: o livro não tem informações sobre copyright, nem editora, nem contatos, nem nada, sendo assim, postei como creative commons. Qualquer coisa, entrem em contato comigo por e-mail)


Chef Em Casa – Ana Maria Braga

Domingo é o Dia das Mães, e pra você que (assim como eu) ainda não comprou o presente da sua mammys, ainda dá tempo!

Se a sua mãe for daquelas que gostam de cozinhar, que está sempre experimentando coisas novas na cozinha e adora diversificar, a minha dica é o “livro” Chef Em Casa, da Ana Maria Braga !!

São 90 receitas em fichinhas ilustradas que vêm em uma lata lindíssima, e um suporte de papel para deixar tudo na cozinha, à mão, para quando a dúvida bater e não saber o que cozinhar no dia!

Todas as fichinhas são plastificadas pra poder usar perto dos ingredientes sem medo de sujar (e acontecer o que aconteceu com o livro de receitas da minha mãe, que nem dá pra ler mais).

As receitas são divididas entre entradas, pratos principais e sobremesas, e dá pra variar tanto que é possível criar 27.000 combinações!

Outra coisa legal pra caramba, é que cada prato vem ilustrado com imagens lindas, inclusive ilustrando o passo a passo. Ou seja, se a sua mãe é daquelas que não sabem cozinhar muito bem, mas tem vontade, esse é o presente ideal!!!!

Online, só consegui achar no site da Saraiva, Submarino e Fnac, e os preços variam de R$ 59,90 e R$ 63,90 !! Porém, se for para o Dia das Mães, não dá pra comprar online, tem que se dirigir até alguma das lojas!!

Um Feliz Dia das Mães para todas as mamães que visitam a gente!! Muita saúde e tudo de melhor sempre.

Beijos e até semana que vem!


Milk Shake Vaca Preta

Bom dia, pessoas!

Antes de mais nada, quero me desculpar com todo mundo sobre a ausência da semana passada.. Um monte de reunião na empresa, falta de tempo ao extremo, mas aqui estou novamente!!! 🙂

E estamos no outono… Tempo fresquinho, ventinho gostoso batendo no rosto, malha meia estação pra não esquentar demais, mas também não passar frio, certo? Not! Esse outono tá infernal! Eu, particularmente falando, odeio verão, não suporto sol e calor, se possível, me mudaria para o Alaska. Maaaas como nem sempre querer é poder, tenho que conviver com esse tempo irritante!

Aí eu fico inventando mil coisas (geladas) na cozinha!!! Uma das mais fáceis e deliciosas é o Milk Shake Vaca Preta.

Não me pergunte o motivo do nome, eu não sei! Descobri a iguaria 😀 no Bob’s. É um dos únicos lugares que eu acho o tal. E mesmo assim, ele não fica exposto como os outros shakes. Mas, na minha opinião, é o melhor!

O que vai nele? Basicamente sorvete e refrigerante de Cola.

Ok, admito que o meu não fica idêntico ao do Bob’s (afinal, o sorvete não é o mesmo), mas dá pra tapear legal. Há quem diga que o feito em casa é ainda melhor! Vamos lá?

Ingredientes:

  • 1/2 copo de sorvete de creme;
  • 1/2 copo de refrigerante de cola.

Modo de Preparo:
Bata tudo no liquidificador até o sorvete ficar bem líquido. Se 1/2 copo de refrigerante não for o suficiente para deixar o milk shake mais líquido, acrescente mais, a seu gosto!

Simples, rápido e prático, não? E uma delícia!!! Vale lembrar que a consistência do milk shake é você quem faz. Eu particularmente gosto do milk shake mais ralo e com mais refrigerante. Aqui em casa, preferem mais grosso (no caso, use mais sorvete do que refrigerante).

A minha foto não tá lá muito bonita (porque não tenho copos bonitos para servir, hahaha, desculpem!), mas como diria Antoine de Saint Exupéry: “O essencial é invisível aos olhos!” Ahhhh, garoto! Hahahaha!

Espero que tenham gostado, e deixem seus toques, sugestões e comentários aqui embaixo!!!

Até semana que vem.
Beijos!


Aprendiz de Cozinheiro – Separar, Viajar e… Cozinhar na França e na Itália

Dois problemas atormentavam o jornalista Bob Spitz: seu longo casamento tinha chegado ao fim e a crise dos 50 batia à sua porta.

Sozinho e sem saber o que fazer, ele resolve dedicar-se por um bom tempo a uma de suas grandes paixões: cozinhar!! Para isso, Bob atravessa o Atlântico e parte rumo à França e à Itália, se inscrevendo nas melhores escolas de culinária desses dois países, onde teve aulas com grandes chefs e aprendeu dicas e truques que fizeram a diferença em sua vida.

E nesse livro “Aprendiz de Cozinheiro – Separar, Viajar e… Cozinhar na França e na Itália”, ele compartilha com todos nós os seus aprendizados nesses lugares lindos que possuem uma culinária fantástica!

Ele teve aulas tanto nos restaurantes mais chiques e famosos de Paris quanto em pequenas cozinhas das charmosas casas dos vilarejos do interior da França, portanto, nesse livro, você vai achar desde como fazer uma simples omelete de dar água na boca como pratos maravilhosos e sofisticados.

Durante tudo isso, Bob visitou regiões como a Provença, a Borgonha, a Toscana, lugares maravilhosos e famosos por sua gastronomia. Ah, quem não se rende à cozinha italiana?

Enquanto nos ensina (quase) tudo o que aprendeu por aquelas bandas, o autor releva como essa aventura o ajudou a superar a angústia e a desilusão amorosa, além de reencontrar o rusmo da sua vida – e de sua cozinha!

Super achei que esse livro tem tudo a ver com o blog, porque o nosso objetivo aqui é tanto dar receitas para quem não sabe nada de cozinha quanto para quem já sabe e quer receitas mais aprimoradas!!! Quem ler o livro, com certeza, vai se identificar logo de cara!!! Muito bom, recomendado!!!

O preço médio varia entre R$ 29,90 e R$ 39,90 (pesquisado nas lojas da Livraria Cultura, Submarino, Americanas, Siciliano, Saraiva e Fnac, no dia 29/03/2011),

Espero que tenham gostado da dica!
Super beijos e até semana que vem.


São Paulo – Memória e Sabor

Quem me conhece, sabe o quanto eu sou doida pela cidade de São Paulo! A história, os lugares, as pessoas, o entretenimento, tudo isso e mais um pouco faz com que eu não troque esse lugar por nenhum outro no mundo inteiro. Embora eu não more na cidade de São Paulo (moro no ABC Paulista), trabalho na capital, sempre que faço alguma coisa é por aqui, minha vida gira em torno dessa cidade perfeitamente agradável, que apesar de sua violência, congestionamento e medos, faz com que seja ótima para se morar, trabalhar, se divertir, fazer turismo…

E foi em uma livraria (na Avenida Paulista… São Paulo!!!) que eu vi esse livro e ali mesmo folheei, devorando todas as páginas rapidamente com o olhar, e anotando na minha lista de ‘desesperadamente desejados’! Quero lhes apresentar…

São Paulo – Memória E Sabor

São Paulo é conhecida pela culinária, por seus restaurantes, por trazer para todas as pessoas um pouco da culinária de todos os países. Mas… e a culinária da própria cidade? A autora Rosa Belluzzo traz a culinária como complemento para contar a história da cidade e a formação da sociedade paulistana.

Ela mostra como a junção de temperos, a associação de ingredientes, o modo como os alimentos são preparados e, pasmem, até mesmo a utilização de alguns utensílios foi imprescindível para o marco de alguns alimentos e para que eles fossem (como são até hoje) fortemente associados à cidade e à região.

É um livro riquíssimo em história, em conteúdo, e que vale muito a pena ser lido. Não só por nós, paulistas, como por todos os brasileiros!!! Vale a pena saber mais sobre a nossa cultura e nossa história.

Infelizmente, o preço dele é bem salgado! Varia em torno de R$ 66,50 a R$ 70,00 *. Vai ter que esperar daqui um tempo. Mas com certeza vou tê-lo na minha estante!

Beijos e até quarta-feira que vem!

(* preços equivalentes às lojas virtuais Portal de Livros, Fnac, Submarino, Saraiva, Siciliano, Livraria Cultura e Livraria da Travessa, pesquisados no dia 23 de março de 2011)