Macarrão Alho e Óleo, o retorno


Deixaaaaaaaaaaaa de lado essa tristezaa, beijaaaaa, afasta esse tormerto!!! Parananababa!!

Olá queridos,

Calma, não é o terra letras e sim a coluna da cozinheira inexperiente. É que estou sozinha, super à-vontade e hoje vou fazer tudo do meu jeito, pois o espaço é só meu. E tudo com muita música alta que minha mãe odeia, mas e daí né, ela nem vai estar aqui para ver e muito menos entrar na internet para ler. Adoraria me fotografar para dividir com vocês o meu momento, mas preciso conservar minha dignidade, a pouca que ainda tenho. (risos)

Pois bem, o que me cabe aqui hoje é fazer algo que ficou tãooo bom que a dona da cozinha me mandou fazer tudo de novo. Macarrão alho e óleo.

Pra começar botei água para ferver, 1 L gente, tem que ser assim, não tem jeito.

Depois de fervida a água tentei adivinhar o que seria 100 gramas de macarrão, não tem jeito, também tem que ser assim, e mais, o tipo do macarrão ajuda muito, hoje, nada de telha na cabeça.

Só lembrei do sal e do fio de óleo na hora de adicionar o macarrão cru na água, fui provar o sal e queimai a língua pois esqueci que a água tinha já fervido, mas tava tão quente aqui que meu corpo reconheceu como natural. (risos)

Nada de cozinhar o macarrão eternamente como eu fiz da primeira vez que deixei o dito cujo cozinhando praticamente até hoje, descobri um tempo que eu considero como legal: de 8 a 10 minutos no máximo.

Refoguei três dentes de alho em aproximadamente três colheres de óleo, ainda fico um pouco tensa nesta hora pois nunca me esqueço do arroz que fiz e que deixei o alho queimar todinho, essa parte é crucial na hora do sabor. O lance do macarrão alho e óleo é que até então eu não sabia é que não é necessário fritar o macarrão, o ideal é adicioná-lo na panela e ir mexendo devagar para este pegar o tempero como um todo e não ficar mexendo ele loucamente igual quando você tá fazendo carne moída saca?


Bem, mais apresentável que o primeiro ficou com certeza, o tempero tá bom, não comi com queijo ralado porque a dona da cozinha disse que isso poderia ser um disfarce para o sal, ou melhor, para a falta dele.

A panela ficou assim no final, o que acham? Ainda queimo o alho? Ou é assim mesmo?

Talvez mais experiente, porém ainda muito aprendiz…

Trilha sonora: http://letras.terra.com.br/pedro-mariano/72433/

Entre na Conversa!