Coxinha – Massa para Salgados em Geral

CoxinhaMassa de Salgados

Ingredientes

2 tabletes de caldo de galinha

1 xícara de  óleo

2 xícaras de água

3 xícaras de farinha de trigo

Modo de preparo (á mão)

Coloque a farinha de trigo dentro de uma bacia.

Leve o óleo, a água e os tabletes de caldo de galinha ao fogo até ferver (cuidado, pois espirra!). Quando estiver bem quente, derrame os líquidos sobre a farinha e misture com o garfo até virar uma massa lisa.

Deixe esfriar e utilize.

Modo de preparo (na máquina de fazer pão)

Coloque a farinha na máquina e selecione o ciclo amassar.

Leve o óleo, a água e os tabletes de caldo de galinha ao fogo até ferver (cuidado, pois espirra!). Quando estiver bem quente, derrame os líquidos dentro da máquina já funcionando e deixe na máquina por 10 minutos.

Deixe esfriar e utilize.

Recheios

Pode ser feito como coxinha, bolinha de queijo, risolis, bolinha de carne, enroladinho de salsicha, etc.

Para a receita de coxinha eu cozinhei (na água e sal) e desfiei 1 peito de frango. Refoquei no azeite uma cebola bem picadinha, 4 dentes de alho, depois o frango, sal á gosto, meio maço de cheiro verde picadinho!

Simples e fica uma delícia… a massa também é incrível e super rápida!

Ah, para fritar os salgados passe as coxinhas no leite frio e depois na farinha de rosca, frite em óleo quente e em fogo baixo.


Cozinha Regional Brasileira e +

Acho que todos tem visto na TV a propaganda da editora Abril sobre a coleção de livros da Cozinha Regional Brasileira… pois é, eu assinei e já chegou o primeiro livro.

Cozinha Regional Brasileira

Hoje eu resolvi escrever apenas pra dar a minha opnião sobre ele, que fique claro… eu simplesmente amei o livro.

Claro… nem todas as receitas eu vou fazer… afinal, nem bem-feitinho bucho não me desce!

O livro começa com o item TIRA-GOSTO, onde conta um pouco sobre uma personalidade da região de que se trata… no caso de MINAS GERAIS ele fala sobre FREI BETTO autor de Comer como um frade.

Em seguida vem a HISTÓRIA onde conta sobre a culinária daquela região.

Enfim chegam as RECEITAS que foram selecionadas e testadas por chefs e grandes cozinheiros.

Dentro desse item, encontramos as ENTRADAS que vão desde BOLINHO DE MANDIOCA COM CARNE-DE-SOL até VIRADA PICANTE, feito com linguiças artesanais e muita pimenta!

Em seguida os PRATOS PRINCIPAIS trazem receitas desde ARROZ COM SUÃ até chegar na famosa VACA ATOLADA que eu sou incrivelmente fã.

Depois vem as GUARNIÇÕES com receitas de ANGU DE FUBÁ até o TUTU DE FEIJÃO.

Na parte de QUITANDAS você encontra desde BISCOITO FRITO DE POLVILHO passando pelas delícias BOLO DE FUBÁ, BROINHA DE FUBÁ DE CANJICA, CURAU DE MILHO VERDE, EMPADÃO DE QUEIJO DE MINAS, GELÉIA DE JABUTICABA, JACUBA, MINGAU DE FUBÁ COM QUEIJO DE MINAS, PAMONHA RECHEADA, PÃO DE MANDIOCA até chegar no deliciosa PÃO DE QUEIJO que eu pretendo fazer ainda esse fim de semana.

Finalmente nas SOBREMESAS as tradicionais receitas de AMBROSIA, DOCE DE ABÓBORA EM PEDAÇOS, DOCE DE BANANA, DOCE DE CARAMBOLA, DOCE DE LEITE PASTOSO, DOCE DE MAMÃO COM COCO até MISCELÂNEA.

Agora se você pensa que acabou está muito enganado… o melhor chega agora nas RECEITAS DOS CHEFS que são criações incríveis, com dicas maravilhosas para refeições de alto padrão!

Depois o livro fala um pouco sobre os INGREDIENTES TÍPICOS  e as TÉCNICAS REGIONAIS, as TÉCNICAS GERAIS e por fim um GLOSSÁRIO e uma tabela de PESOS E MEDIDAS para tirar dúvidas sobre os termos usados no livro.

Ufa, é isso!

Ainda não testei nenhuma das receitas, porém quando testar… todas estarão rapidinho disponíveis aqui.

Quem tiver interesse em algo, deixe um cometário aqui no blog que eu envio a receita.

Pra assinar essa coleção clique aqui!

*******

Hoje eu recebi um link com as receitas da Gi… com receitas deliciosas, daquelas bem simples de fazer, mas que é difícil encontrar uma receita confiável. Depois eu também vou dar uma olhadinha mas já me chamou atenção o bolo de banana… que eu sou viciada!!

O link é esse http://meu.cybercook.com.br/gilrosario e vai ficar nos links aqui do lado na categoria LEIO E RECOMENDO!

Bom, é isso! Amanhã qualquer dia desses vou postar uma receita de massa de coxinha incrível, super fácil e que serve pra qualquer salgado frito!


Sardela na panela de pressão

No fim de semana passado acabou a 83ª Festa de Nossa Senhora Achiropita. Pra agradar o pessoal, nós montamos uns mimos de lembrancinhas e eu fiz sardela (pela primeira vez na vida) e uns pães pra acompanhar!

Lembrancinha para a Festa

Aí vai a receita!

Sardela

  • 1 cabeça de alho amassado (ou passado no processador)
  • 3 pimentões vermelhos sem semente picados (1kg)
  • 2 latas de sardinha em molho de tomate
  • 100 grms de anchovas
  • 1 colher de sopa de extrato de tomate
  • 1 colher de sopa de páprica em pó
  • Pimentas dedo de moça sem semente e picadinhas à gosto (eu usei duas!)
  • Sal à gosto
  • Muito Azeite (mais ou menos 1 xícara)

Sardela

Doure o alho no azeite e reserve. Coloque o pimentão picado no processador por 2 minutos, depois a pimenta, a sardinha e as anchovas (com o molho e o azeite), a páprica e a polpa de tomate, a cada ingrediente que adicionar, deixe uns 2 minutos, depois adicione o alho dourado com o azeite e processe tudo por 5 minutos.

Cubra o fundo de uma panela com azeite e quando estiver quente coloque a mistura na panela de pressão.

Tampe a panela e deixe apurar em fogo baixo por mais ou menos uns 40 minutos. Deixe a pressão sair naturalmente, abra a panela e se necessário, acerte o sal.

Espere amornar, separe em vários potinhos, e leve à geladeira por no mínimo 2 horas.

Sardela

Sirva com pão italiano ou torradinhas de alho!

Dica: Pra dar um gostinho especial,  coloque 1 pitada de sementes de erva doce!

Se você gostou da receita, clique em Curtir aqui do lado e Compartilhe com quem você gosta ♥